1ª Comunicação mediúnica do Centro Espírita Fé, Esperança e Caridade de Uberlândia (1/9/1913)

Em todos os tempos, os livros sagrados narram a manifestação dos Espíritos, portanto esta religião científica existiu desde os tempos antigos. Ela foi proibida nos tempos de Moisés devido aos abusos dos povos que não estavam preparados para professá-la, mas ultimamente, com os progressos da humanidade, ela está se desenvolvendo com assombro das outras religiões porque vêem que o Espiritismo é a verdade e que será a religião do futuro porque é o verdadeiro Cristianismo. Ela só ensina e pratica os ensinamentos de Jesus, sendo portanto o Cristianismo na acepção verdadeira da palavra; tem portanto que se impor no futuro porque é a VERDADE.

Com os progressos da civilização humana, hoje o espiritismo pode ser praticado porque as criaturas de Deus estão preparadas para recebê-lo, pois que o próprio Cristo nos sagrados evangelhos assim declarou que o Espírito de verdade viria para ficar eternamente com a criatura de Deus, com a humanidade.  S. João disse, referindo-se às comunicações com os Espíritos: Não acreditai em todos os Espíritos mas examinai se eles são de Deus. Eis aí a prova de que as comunicações são permitidas desde os tempos dos Apóstolos só sendo preciso que saibamos fazer a separação, examinando com a nossa razão se são bons Espíritos que nos querem encaminhar para o bem, ou se são maus que nos querem iludir; e assim, com o nosso livre-arbítrio aceitarmos o que for bom e repelir o que for mau e que não esteja de acordo com a razão e o bom senso.

No entanto, meus irmãos, bem difícil é o caminho a seguir, espinhosa a tarefa que vos é imposta, porque o Espírita deve primar pelo exemplo e pelo amor aos seus semelhantes. Para o crente Espírita não há distinção de raças e cores, não há grandes nem pequenos, ricos nem pobres. A humanidade é uma só, [todos são] filhos de um só pai, Deus, ser supremo, criador de todas as coisas e extremamente bom, pai soberano e justo e que só tem nos lábios o perdão para os que erram, castigando os culpados, mas com um castigo brando, só para que seus filhos o reconheçam  e alcancem um dia a suprema felicidade, a suprema ventura e unidos a ele espalhem o bem pela humanidade, abrindo os olhos aos cegos, mostrando a luz aos que vivem nas trevas, encaminhando todos à suprema ventura, ao eterno bem, à fonte suprema, ao fim que todos almejam: Deus.

Irmãos, hoje é o primeiro dia que se reúnem nesta terra para dar início às sessões Espíritas. Sois os fundadores, os primeiros que vão dar o brado da grandeza de Deus neste lugar. Sois os felizes escolhidos. Quanto é belo, que prazer reina nas alturas nesta hora por ver mais um baluarte se levantar para combater o vício e a vaidade, para dar o brado de alerta, para pegar as armas na guerra santa da verdade; mas acautelai-vos porque muitos virão contra vós. Levantar-se-ão legiões para vos dar combate. Poucos como sois, não temeis porque a vitória será vossa. Estais com a verdade e com a razão, e a verdade há de triunfar sempre porque ela só vem de Deus.

Não vos orgulheis, sede humildes como o vosso mestre foi, que só assim vencereis. Deus, eterno, supremo, pai amantíssimo que jamais abandona seus filhos, está convosco irmãos. Não suponhais que ele vos abandona em qualquer emergência da vida. Não filhos, ele está sempre vos amparando para não sucumbirdes nas lutas da vida. Ele não deseja que nenhum de seus filhos se perca. Todos hão de alcançar a suprema felicidade; uns mais depressa do que outros porque a uns são dadas mais provações porque são mais endurecidos, mas finalmente tanto o retardatário como o madrugador chegarão ao fim porque todos vós são criaturas de Deus e todos têm forçosamente que tornar a ele. Se alguns caminheiros ficam atirados na estrada da vida é porque são mais descansados, não se incomodando em procurar o caminho reto, pouco se importando de seguir qualquer estrada que se lhe apresenta à frente – é o livre-arbítrio.  Fazei o que entenderes, certos de que respondereis pelos vossos atos. Se forem bons, recebereis em troca grandezas; se forem maus recebereis a justa punição.

Muito tenho que vos dizer ainda meus bem amados, mas Roma não se fez em um dia como dizeis, e por isso, hoje encerro dando-vos alguns conselhos mas prometendo-vos voltar sempre e nunca vos abandonar. Enquanto vos conservares na estrada da virtude, estarei sempre convosco. Não vos orgulheis por possuírdes a verdade, antes pelo contrário espalhai-a aos quatro cantos da Terra. Não desprezeis os pequenos, levantai-os sempre dando o vosso braço que é forte para ampará-los. Fazei a esmola, tanto a material como a espiritual, mas não façais com ostentação e evitai de vos glorificar por serdes caridosos. Não vos queixeis das vossas provações. Olhai sempre para baixo e vereis outros em piores condições que a vossa a quem ainda podereis estender o vosso braço que vos parece fraco, sem lembrares que há outros ainda mais fracos. Perdoai aos que vos fizerem ou desejarem-te mal porque assim também Deus vos perdoará. Não desejeis o alheio nem cobiceis o que é dos outros porque o que for vosso vos será dado. Amai-vos uns aos outros assim como Cristo, filho de Deus, vos amou. Não façais aos outros o que não querias que vos fizessem. Amai a Deus, vosso Pai, sobre todas as coisas e aos vossos semelhantes como a vós mesmos.

Estejais firmes em vossos postos e não abandoneis a cruzada que encetais hoje. Esta comunicação deve ser arquivada e servirá de ata da primeira sessão do primeiro Grupo Espírita com o distintivo de Fé, Esperança e Caridade de Uberabinha; instalado a 1 de Setembro de 1913 com a previdência do Irmão Pedro e com a proteção e guia de Santo Agostinho.

S. Antônio


PARA VER O DOCUMENTO ORIGINAL DIGITALIZADO CLIQUE NOS LINKS SEGUINTES:


NOTA DO ARQUIVO ESPÍRITA: A imagem no início desta página é da fachada do Centro Espírita Fé, Esperança e Caridade de Uberlândia no ano de 2015. (fonte: Google Streetview)..


 O ARQUIVOESPIRITA.ORG é um repositório digital de documentos relativos à história do espiritismo.  

Caso tenha algum documento que possa ser escaneado e disponibilizado no site, por favor entre em contato conosco através do e-mail arquivoespirita@gmx.com ou em nossa página no Facebook.

One thought on “1ª Comunicação mediúnica do Centro Espírita Fé, Esperança e Caridade de Uberlândia (1/9/1913)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *