Comunicação mediúnica recebida por Maria M. de Oliveira em Caxias do Sul (5/9/1934)


Periódico: Reencarnação

Porto Alegre, ano 1 n.1, outubro de 1934


Conselhos do Além

Publicamos a seguir uma significativa comunicação recebida no Centro Espírita “Anna Saldanha” de Caxias, no dia 5 de setembro último, pela médium Sra. Maria M. de Oliveira.

O maior valor dessa comunicação está na espontaneidade com que foi transmitida. Em virtude da sugestão nela contida, o Centro Anna Saldanha resolveu filiar-se à Federação Espírita do nosso Estado.

“Quis a bondade de Deus, que eu, rompendo espessas camadas de fluidos maléficos, chegasse até vós, bons amigos.

Quantas vezes, em vão, tentei baixar! É tão grande a barreira e cada vez mais se avoluma! Meus irmãos: nestes dias de incertezas, desmandos, enormes fracassos morais, deveis ter sempre presente a voz dos mensageiros celestes.

A humana criatura está condenada pela sua marcha cega para os gozos da matéria, a cair irrefragavelmente no mais horrendo abismo que se possa imaginar. Acautelai-vos, para não vos deixar arrastar por essa onda impetuosa que tudo vai levando para jogar no litoral da maldade.

Aproveitai vossos dias na Terra para que não tenhais de reiniciar o mesmo trabalho, ainda mais sobrecarregados.

Uma existência na terra comparada à eternidade é menos que uma gota d’água relativamente ao oceano. São verdades que precisais meditar seriamente.

Não deveis comprometer vidas vindouras com atos mesquinhos, praticados nesta. Sedes confiantes, serenos, leais e sinceros em tudo e por tudo.

Vou fazer-vos um apelo: deveis filiar este centro à Federação. É preciso que todos os dirigentes de Centros Espíritas saibam que colocar-se uma Sociedade sob a égide da Federação, não é formar uma hierarquia; mas, sim, porem-se em contato com os seus irmãos em crença, ensinando e aprendendo, concatenando ideias e reformando praxes menos boas. A Federação Espírita conseguindo agrupar sob a sua bandeira branca da fraternidade, todos os centros espíritas, terá uma força de fato; não a força material, mas a moral, que é superior àquela. Espíritas que aqui me ouvis, uni-vos em torno da Federação, para que a concórdia tremule sobre vossas cabeças como lábaro imaculado, como um estandarte de redenção, como uma auréola de luz, porque nela se encarna a pureza da doutrina cristã.”


PARA VER O DOCUMENTO ORIGINAL DIGITALIZADO, CLIQUE AQUI


NOTA DO ARQUIVO ESPÍRITA: A imagem não faz parte do documento original.


O ARQUIVOESPIRITA.ORG é um repositório digital de documentos relativos à história do espiritismo.  

Caso tenha algum documento antigo que tenha relação com o espiritismo, por favor entre em contato conosco pelo e-mail arquivoespirita@gmx.com , ou por nossa página no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *