Teses e Dissertações na área de Antropologia

ARAUJO, Eveline Stella. Médicos, médiuns e mediações – um estudo etnográfico sobre médicos-espíritas. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). UFPR, Curitiba. 2007.

AURELIANO, Waleska de Araújo. Espiritualidade, saúde e as Artes de Cura no Contemporâneo: Indefinição de margens  e busca de fronteiras em um centro terapêutico espírita no sul do Brasil. Tese (Doutorado em Antropologia Social). UFSC, Florianópolis. 2011.

FREIRE, Bernardo Curverlano. A conciliação interrompida: modos de mediação na França e espiritismo francês no século XIX. Tese (Doutorado em Antropologia Social). Unicamp, Campinas. 2015.

HOLZHAUSER, Elizabeth. Paranormal tourism in Edinburgh: Storytelling, appropriating ghost culture and presenting an uncanny heritage. Tese (Doutorado em Antropologia Social). University of St. Andrews, Escócia, Reino Unido. 2015.

LEITE, Emmanuelle Vieira de Melo. Do despertar ao trabalhar: a produção do médium espírita kardecista em dois diferentes contextos etnográficos. Dissertação (Mestrado em Antropologia). UFPE, Recife. 2014.

LEWGOY, Bernardo. Os espíritas e as letras: um estudo antropológico sobre a cultura escrita e oralidade no espiritismo kardecista. Tese (Doutorado em Antropologia Social). USP, São Paulo. 2000.

MADUREIRA, Antoinette de Brito.Vassouras, ciganas e extraterrestres: médiuns e emoções no campo religioso espírita de Natal (RN). Tese (Doutorado em Antropologia). UFPE, Recife. 2010.

MARMOLEJO, Javier Gutiérrez. A Construção sociocultural da sexualidade e do HIV-Aids no espiritismo kardecista brasileiro. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). UFSC, Florianópolis. 2007.

PAES, Anselmo do Amaral. O Corpo da Alma: Cosmos, casa e corpo espírita kardecistaTese (Doutorado em Ciências Sociais/Antropologia). UFPA-Belém. 2011.

RODRIGUES, Karine Mendonça. Apometria: do Centro Espírita ao consultório, o ritual e as implicações quanto à eficácia simbólica. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). UFRGS, Porto Alegre. 2016.

SANTOS, Eufrázia Cristina Menezes. Preto velho – as várias faces de um personagem religioso. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). Unicamp, Campinas. 1999.

SILVA, Érica Quináglia. Santé et Spiritisme: Itinéraires thérapeutiques de la troisième révélation en France et au Brésil. Tese (Doutorado em Antropologia Social). UFSC, Florianópolis & Université Paris Descartes/ Sorbonne, Paris. 2011.

VASCONCELOS, João. Espiritos atlânticos: Um espiritismo Luso-brasileiro em Cabo-verde. Tese (Doutorado em Antropologia Social e Cultural). Universidade de Lisboa, Lisboa. 2007.