Teses e dissertações na área de História

ALMEIDA, Angélica Aparecida Silva de. Religião em confronto – o espiritismo em Três Rios (1922-1939). Dissertação (Mestrado em História). UNICAMP, Campinas.2000.

ALMEIDA, Angélica Aparecida Silva de. “Uma fábrica de loucos”: psiquiatria x espiritismo no Brasil (1900-1950). Tese (Doutorado em História). UNICAMP, Campinas. 2007.

AMARO, Jacqueline de Souza. Os combates de Luiz de Mattos(1912-1924): O espiritismo kardecista e o tratamento médico da doença mental. Dissertação (Mestrado em História das Ciências). FIOCRUZ, Rio de Janeiro. 2010.

BEDORE, Margareth Elizabeth. The reading of Mackenzie King. Tese (Doutorado em História). Queen’s University, Kingston, Ontario, Canada. 2008.

BINGHAM, Stephanie Michelle. The Psychic Bridge: The Spiritualist Movement. Dissertação (Mestrado em História). KENT STATE UNIVERSITY, Kent, Ohio, Estados Unidos. 2012.

BOHONOS, Jeremy. Spiritualism and gender: Questions of Leadership and Masculine Identity. Dissertação (Mestrado em História dos Estados Unidos). BALL STATE UNIVERSITY, Muncie, Indiana, Estados Unidos. 2012.

COSTA, Flammarion Laba da. Trabalho, Solidariedade e Tolerância: A Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados (1912-1989).  Dissertação (Mestrado em História do Brasil). UFPR, Curitiba. 1995.

COSTA, Flammarion Laba da. Demônios e anjos (o embate entre espíritas e católicos na república brasileira até a década de 60 do século XX Tese (Doutorado em História). UFPR, Curitiba. 2001.

COX III, Benjamin R. The Science of Mediumship and the Evidence of Survival. Dissertação (Mestrado em Liberal Studies). Rollins College, Winter Park, Florida. 2009.

CUNHA, André Victor Cavalcanti Seal da. A invenção da imagem autoral de Chico Xavier: Uma análise histórica sobre como o jovem desconhecido de Minas Gerais se transformou no médium espírita mais famoso do Brasil (1931-1938). Tese (Doutorado em História). UFC, Fortaleza. 2015.

DIAS, José Roberto de Lima. Percursos da racionalização do sagrado no espiritismo: um conjunto de ideias presentes na literatura e na imprensa brasileira.  Tese (Doutorado em História) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2011.

EVANGELISTA, Sheila Izolete Mendes. O arraial do espiritismo: a médium Anna Prado, positivistas, espíritas e católicos em Belém-PA (1918-1923).  Dissertação (Mestrado em História). UFPA, Belém. 2012.

EVANS, Richard Kent. Becoming Occult: Alienation and Orthodoxy Formation in American Spiritualism. Dissertação (Mestrado em História). Texas Tech University, Lubbock, Texas, Estados Unidos. 2013.

GOMES, Adriana.Entre a fé e a polícia: o  espiritismo no Rio de Janeiro (1890-1909). Dissertação (Mestrado em História). UERJ, Rio de Janeiro. 2013.

HAMILTON, Michelle L. “I would still be drawn in tears”: Spiritualism in Abraham Lincoln’s White House. Dissertação (Mestrado em História). San Diego State University, San Diego, California, Estados Unidos. 2013.

JABERT, Alexander. De médicos e médiuns – medicina, espiritismo e loucura no Brasil da primeira metade do século XX. TESE (Doutorado em História das Ciências). FIOCRUZ, Rio de Janeiro. 2008.

LIMA, Nadia Rodrigues Alves Marcondes. Fogo selvagem, alma domada: a doença e o hospital do Pênfigo de Uberaba – história e psicografia. Tese (Doutorado em História). UNESP, Franca. 2010.

MAIA, Marilane Machado de Azevedo. Leocádio José Correia: Vida, memória e representações.  Tese (Doutorado em História). UFPR, Curitiba. 2016.

MÍKOLA, Nádia. Uma “medicina espiritual?”: Aproximações entre espiritismo e homeopatia 1860-1910. Dissertação (Mestrado em História). UFSC, Florianópolis. 2012.

MALDONADO, Elaine Cristina. Machado de Assis e o espiritismo – diálogos machadianos com a doutrina de Allan Kardec (1865-1896). Dissertação (Mestrado em História). UNESP, Assis. 2008.

MATTOS, Renan Santos. Que espiritismo é esse? Fernando do Ó e o contexto religioso de Santa Maria (RS) (1930-1940). Dissertação (Mestrado em História). UFSM, Santa Maria. 2014.

MELNITZKI, Marcelo Lima. As regras espirituais são tão exatas e positivas como as das ciências materiais: As representações sobre a ciência no Jornal Espírita. Porto Alegre, década de 1930. Dissertação (Mestrado em História). PUC-RS, Porto Alegre. 2010.

MORGADO, Chablik de Oliveira. O vôo do pássaro e seu canto: trajetória de um espírita e do espiritismo em Feira de Santana. Dissertação (Mestrado em História). UEFS, Feira de Santana. 2015.

NOGUEIRA, Fausto Henrique Gomes. Os espíritos assombram a metrópole: Sociabilidades espiritualistas (espírita e esotérica) em São Paulo na primeira república. Tese (Doutorado em História Social). USP, São Paulo. 2016.

OLIVEIRA, Marco Aurélio Gomes. Imprensa espírita na cidade do Rio de Janeiro: propaganda, doutrina e jornalismo (1880-1950).  Dissertação (Mestrado em História Social). UFF, Niterói. 2014.

RIBEIRO, Raphael Alberto. Almas enclausuradas: práticas de intervenção médica, representações culturais e cotidiano no Sanatório Espírita de Uberlândia (1932-1970). Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia. 2006.

RIBEIRO, Raphael Alberto. Loucura e obsessão: Entre psiquiatria e espiritismo no sanatório espírita de Uberaba-MG (1933-1970). Tese (Doutorado em HIstória). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.

SARAIVA, Deise Maria Albuquerque de Lima. “Preto-velho, Pai João”: Representação da escravidão no romance espírita “Senzala”(1976).  Dissertação (Mestrado em História). UFPE, Recife. 2015.

SCHERER, Bruno Cortês. A Federação Espírita do Rio Grande do Sul e a organização do movimento espírita rio-grandense (1934-1959). Tese (Doutorado em História). UFSM, Santa Maria. 2015.

SILVA, Fábio Luiz da. Céu, inferno e purgatório: representações espíritas do além. Tese (Doutorado em História). UNESP, Assis. 2007.

SILVA, Raquel Marta da. Mineiridade, representações e lutas de poder na construção da ‘Minas Espírita’: Da União Espírita Mineira à Francisco Cândido Xavier (1930-1960). Tese (Doutorado em História). UFSC, Florianópolis. 2008.

SILVA, Raquel Marta da. Chico Xavier – imaginário religioso e representações simbólicas no interior das Minas Gerais – Uberaba (1959-2001). Dissertação (Mestrado em História) UFU, Uberlândia. 2002.

SILVA, Sinuê Miguel. Movimento Universitário Espírita (MUE): Religião e política no espiritismo brasileiro (1967-1974). Dissertação (Mestrado em História). UNICAMP, Campinas. 2012.

VALLE, Daniel Simões do. Intelectuais, espíritas e abolição da escravidão: os projetos da reforma na imprensa espírita (1867-1888). Dissertação (Mestrado em História). UFF, Niterói. 2010.

WISSENBACH, Maria Cristina Cortez. Ritos de Magia e Sobrevivência. Sociabilidades e Práticas Mágico-Religiosas no Brasil (1890/1940). Tese (História Social). USP, São Paulo. 1997.